Entrando em 2014 com a alma lavada

IMG_0300_FotorHá quem curta iniciar cada ano na praia: dando vários pulinhos em ondas, experimentando alguma lavagem catártica, para depois ter que lavar os pés na saída da areia novamente. Para a família Goytacaz a virada teve água (e até roupas brancas!), mas numa lavagem completamente diferente!

Igor e Talita estão na Igreja Presbiteriana do Renascença, apoiando o trabalho de plantação no bairro do Araçagy desde março de 2012. Em março de 2013 foram batizados, e você pode ver o relato do evento aqui. Mas os seus filhos, Matheus e Murilo, ainda aguardavam a sua vez de encarar a água.

Aqui vale a pena esclarecer um pouco: na igreja presbiteriana, como na maioria das igrejas reformadas, compreendemos que as crianças são parte da aliança que Deus fez conosco. Ele mesmo declara isso, em textos como Gn.17.7 e At.2.38,39:

Estabelecerei a minha aliança entre mim e ti e a tua descendência no decurso das suas gerações, aliança perpétua, para ser o teu Deus e da tua descendência. [Gn.17.7]

Respondeu- lhes Pedro:Arrependei- vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar. [At.2.38,39]

Em nossa caminhada, temos nos esforçado para reconhecer esta verdade, e experimentá-la no dia a dia. É assim que as crianças participam efetivamente do culto, com músicas apropriadas para elas, e mensagem em linguagem compreensível.

Matheus e Murilo têm compartilhado vida conosco, falando de seus sonhos e gostos – um a-do-ra os brinquedos imaginext e o outro planeja ser o próximo Hulk – e acompanhando nossa caminhada como igreja.

Água nos garotos!

Água nos garotos!

A “coroação” deste aspecto da aliança se manifesta em receberem o sinal da promessa. E foi assim que no dia 31 de dezembro de 2013, preparando-se para a virada de ano, os dois japinhas experimentaram a água mais significativa do que milhares de ondas do mar.

Para mim – Allen Porto – a coisa toda foi bem especial: Igor e Talita foram as primeiras pessoas que batizei na Igreja Presbiteriana do Brasil, e seus filhos foram as primeiras crianças da minha lista! Enquanto eu agitava a água com as mãos e dizia as palavras “Matheus, filho da aliança, eu te batizo em nome do Pai, do Filho, e do Espírito Santo”, o Murilão olhava para mim com o rosto apreensivo. Aspergi água sobre a cabeça de Matheus, cumprindo a cerimônia, e o mais novo soltou uma gargalhada. Era festa. Ele foi o próximo, e logo ficou curioso novamente enquanto eu pronunciava as palavras de seu batismo.

O meu desejo profundo é que haja neles essa mistura de alegria e profundidade, satisfação e serenidade que marcam os filhos da aliança de todas as idades.

Obrigado, Igor, Talita, Matheus e Murilo, por fazerem parte desta comunidade, e agora investirem na plantação do trabalho na Cohama!

Confira algumas fotos abaixo:(créditos: Allen Porto e Ivonete Porto)