A VIDA ATRAVÉS DA MORTE

Ao ler a Bíblia depara-se com a questão do sacrifício de animais, um choque para a mentalidade atual. A pessoa vive por causa da morte de um animal em seu favor. Se o leitor puder ter acesso a outras literaturas perceberá que o sacrifício animal foi uma prática comum no mundo antigo. Ainda hoje é praticado em alguns lugares.
Alguns sustentam que Deus se amoldou às práticas de sacrifício conhecidas daquela época e então se deu a conhecer por este meio. Por esse raciocínio, Deus teria se revelado a Israel de uma forma compreensível a eles, com algo a que estavam acostumados.
Entretanto, há um questionamento que deve ser feito, que antecede o argumento acima. Por que diversos povos antigos, de diversas regiões utilizavam a prática do sacrifício de animais? A resposta pode vir a ser complexa, mas um dado parece claro – o sacrifício de animais tem uma origem. Assim, parece insatisfatório apenas dizer que Deus lançou mão de algo comum aos povos antigos!
Essa origem, um sacrifício que antecede o sacrifício de animais realizado por diversos povos, pode estar no evento que ocorreu no começo da história do mundo, de acordo com a narrativa bíblica, quando Deus vestiu o homem e a mulher que o desobedeceram, com peles de animais. Ou seja, um animal foi morto para que eles fossem vestidos. Ali pode estar a fonte de onde brotaram os sacrifícios dos povos que foram gerados e se espalharam pelo mundo.
O livro de Levítico, que vamos estudar este ano, mostra o momento histórico em que Deus organiza a antiga nação Israel, especialmente ensinando-a a prestar-lhe culto. Deus não estava simplesmente utilizando-se de algo que os povos costumavam utilizar; ao contrário, ele estava empregando alguma coisa que já utilizara.
O livro de Levítico, portanto, é um esclarecimento aos sacerdotes e a todo o povo, de como deveriam proceder. Diria que há em Levítico algo similar ao que Jesus fez quando disse: “vocês ouviram o que foi dito aos seus antepassados (…) mas eu lhes digo…” (Mateus 6.21, 22). Assim, o povo de Deus já havia visto muito sobre o tema no Egito e ouvido falar do que acontecia em Canaã. E você também já deve ter ouvido muito a este respeito, compreendendo ou detestando o assunto. Então venha conosco nessa jornada exploratória no livro de Levítico, pois ali Deus explica como os procedimentos devem ser, a fim de que sejam evitadas as distorções e esclarecidas as ações rituais aprovadas por ele.
Rev. Tarcizio Carvalho

Submit a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *